Como manter a motivação e a força de vontade?

Em algum momento de nossa vida já começamos algum projeto e deixamos pra lá por ser “muito difícil” ou seja lá por qual motivo que demos em nossas cabeças. Mas, quando essa atitude de abandonar nossas metas e sonhos tornam-se recorrentes é importante repensar o porquê isso está acontecendo e buscar formas de seguirmos o que propomos a nós mesmos. Pensando nisso, separei algumas dicas fundamentais para nos motivar a concluir nossas metas e projetos.

É ela a responsável por grande parte do sucesso que observamos em músicos, atletas, cientistas, empresários, empreendedores e escritores. Ela transforma uma pessoa comum como eu e você, em uma pessoa bem-sucedida. Reduzindo a distância entre os desejos e as realizações. Estamos falando da força de vontade, algo tão importante quanto necessário para aquele que deseja ter sucesso em uma ou mais áreas de sua vida.

A psicóloga e professora Kelly McGonigal autora do livro “Desafios à Força de Vontade”, dedicou-se por muitos anos a estudar essa temática e criou em Stanford, uma importante universidade norte-americana, um curso no qual a cada encontro é transmitido aos participantes alguma pista, dica ou técnica que pode ajudar a desenvolver a força de vontade.

Há quem acredite que alguns nascem mais determinados, persistentes e com mais garra, enquanto outros seriam naturalmente mais preguiçosos, apáticos ou acomodados. Porém, é preciso saber que aquilo que nós somos é sempre uma mistura da genética mais os estímulos que recebemos no meio, da família, dos nossos amigos, da cultura e das relações formadas na escola em que estudamos. Tudo isso, mediado pela nossa consciência.

A autora apresenta uma pesquisa feita com dois grupos que tinham como objetivo eliminar peso. Um deles, o grupo A, foi chamado em uma sala e recebeu alimentos que não ajudavam na manutenção da dieta. O grupo B também, porém o grupo A recebeu represálias verbais ao fugir da dieta. O grupo B recebeu uma mensagem mais amena do tipo: “– Poxa, é humano, faz parte!”, “ – Isso acontece com todos nós, vamos então amanhã voltar para o nosso objetivo!”. Ou seja, o primeiro grupo recebeu repressões pesadas, e o segundo grupo teve uma aceitação mais amena. Qual dos dois grupos você acha que tendeu mais à realização da dieta, ou seja, perseverar?

Se você respondeu o segundo grupo, parabéns, você acertou.

Isso acontece porque pegar pesado consigo mesmo diminui a nossa autoestima e gera um gasto excessivo de energia. “– Bom, já que deu tudo errado, então vou desistir!”, este é o pensamento que se sucede nesta hora. A atitude de autocompaixão promove uma chance maior de nos levar de volta ao caminho do objetivo proposto. A seguir vamos conhecer mais algumas das dicas dessa profissional.

Escreva suas metas.

A vantagem de colocar os seus desejos, sonhos e objetivos em um papel é que eles começam a tomar forma, e quando você coloca em uma agenda a data para começar, o local onde vai fazer e quais são as ações passo-a-passo do que precisa ser feito para alcançar determinado objetivo, começa a trazer para o mundo material aquilo que estava até então no mundo do devaneio. Isso aumenta a capacidade de nos comprometermos. Sonhar é bom. Mas realizar é o máximo.

Contarmos para as pessoas que gostam de nós.

Essa dica se explica pois na medida em que ouvimos palavras encorajadoras de pessoas que são importantes para nós, nos sentimos mais motivados. Da mesma forma, o medo de passarmos vergonha ou constrangimento por não prosseguirmos em nossos desejos, pode ajudar bastante na concretização e na continuidade de nossos desafios, nas situações em que estejamos cansados ou em que enfrentarmos dificuldades como na hora em que a preguiça toma conta.

Celebrar pequenas vitórias.

Isso é importante pois na medida em que paramos para celebrar um feito, uma etapa vencida ou uma meta alcançada, seja ligando para alguém, fazendo um post, colocando uma música animada ou se dando um pequeno mimo, criamos uma força poderosa de automotivação em nosso cérebro. Diante de momentos felizes o cérebro dispara neurotransmissores ligados à felicidade. E a simples lembrança da alegria gerada pela realização de algo já aciona o desejo de prosseguir.

Dividir uma atividade grande em pequenas etapas.

Você pretende emagrecer 6kg, para o seu cérebro pode parecer uma tarefa muito árdua, mas se a sua tarefa for mais realista como perder meio quilo por mês, aos poucos terá uma chance muito grande de ir colecionando pequenos e importantes avanços e assim, conquistar seus objetivos.

Animação ajuda muito.

Antes de começar uma tarefa importante, colocar uma música animada, ouvir uma piada, conversar com alguém que você goste, ou seja, fazer algo prazeroso pode fazer uma grande diferença. Isso porque o bom humor inunda o nosso cérebro com neurotransmissores que deixam em nossa mente um estado favorável para tomada de decisões ou mesmo para a continuidade de nossas tarefas, assim, antes de começar alguma tarefa árdua, cansativa, ou muito desafiadora procure colocar-se em um estado de humor elevado, pois isso pode lhe ajudar a terminar.

Uma boa alimentação pode fazer toda a diferença.

Você sabia que quando está com fome seu cérebro tem menos energia para lhe ajudar a persistir em um objetivo importante?

A falta de alimentos ou de líquidos pode fazer com que uma pessoa fique, inclusive mais propensa a cometer crimes, a trair ou a desistir de seus objetivos, simplesmente porque a força de vontade exige muito consumo de glicose no cérebro. Estar bem alimentado pode ajudar muito a praticar a tão importante habilidade de fazer as coisas com começo, meio e fim.

Se você gostou do que leu até aqui, fica uma última dica. Meça seus passos, nunca seus sonhos. Sonhe, sonhe grande e faça acontecer. Ao longo do caminho você terá dúvidas, dificuldades e cansaço, mas ao vencer tudo isso terá a maior das glórias: O orgulho de ter vivido de verdade a sua aventura, o seu projeto de vida.

Texto por: Leo Fraiman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s